Menú

Projecto de Plano de Acção consolidado da CIRGL sobre a erradicação da apatridia na Região dos Grandes Lagos ( 2017-2024) - versão Portuguesa

Descargar  (PDF, 261.45 KB)
Tipo de documento: Strategy Documents
Tipo de documento: Portuguese
Publicado: 17 January 2020 (hace 6 meses)
Subido: 17 January 2020 (hace 6 meses)
Descargas: 54

Projecto de Plano de Acção consolidado da CIRGL sobre a erradicação da apatridia na Região dos Grandes Lagos ( 2017-2024) - versão Portuguesa

Tipo de documento: Strategy Documents
Idioma del documento: Portuguese
A escala mundial, há milhares de pessoas incluindo um número significativo de indivíduos na região dos Grandes Lagos que são apátridas ou em risco de apatridia o que não os permite gozarem plenamente de um conjunto de direitos humanos. Entre as causas da origem desta situação na Região dos Grandes Lagos, figuram dentre outras, as lacunas nas leis de nacionalidade e políticas relativas à nacionalidade. Embora não existir ainda um quadro jurídico regional para fazer face a esse problema, foram feitos esforços pelos Estados-Membros da Conferência Internacional sobre a Região dos Lagos (CIRGL), para resolver esse problema através, por exemplo, da adesão a Convenção de 1954, relativa à Pessoas em Situação de Apatridia e/ou a Convenção de 1961 sobre a Redução de casos de Apatridia.

Grupo poblacional

País Grupo
Desconocido Uganda - Stateless, Angola - Stateless, Zambia - Stateless, South Sudan - Stateless, Sudan - Stateless, Kenya - Stateless, Rwanda - Stateless, Central African Republic - Stateless, Congo (Democratic Republic) - Stateless, Burundi - Stateless, Congo (Brazzaville) - Stateless, Tanzania - Stateless
document.single.download  (PDF, 261.45 KB)