Menú

Em apoio direto à Operação Acolhida, OIM chega a 10 mil passagens fornecidas para interiorização de venezuelanos

...

Em apoio direto à Operação Acolhida, OIM chega a 10 mil passagens fornecidas para interiorização de venezuelanos

OIM Brasil, 18 Jan 2021

URL: https://brazil.iom.int/news/em-apoio-direto-%C3%A0-opera%C3%A7%C3%A3o-acolhida-oim-chega-10-mil-passagens-fornecidas-para-interioriza%C3%A7%C3%A3o
Organização adquire passagens para reforçar a interiorização e presta apoio a toda estratégia do Governo Federal



Boa Vista - A Organização Internacional para as Migrações (OIM) alcança agora em janeiro o marco de 10 mil passagens adquiridas para refugiados e migrantes venezuelanos em apoio à Estratégia de Interiorização do Governo Federal iniciada em abril de 2018. Atuando com a Operação Acolhida, resposta humanitária do governo brasileiro, a OIM apoia todas as etapas da estratégia de interiorização que em dezembro ultrapassou o número de 46 mil beneficiários.

Veja o último informe mensal da Estratégia de Interiorização



"A interiorização por voos comerciais nos ajuda a ampliar a capilaridade da interiorização, permitindo adaptar a logística e levar grupos menores a cidades de todo o país, o que aumenta as oportunidades para essas pessoas e agrega no acesso ao mercado de trabalho. Isso é fruto de dedicação e carinho com a população venezuelana", relatou o chefe do Centro de Coordenação de Interiorização (CCI), da Operação Acolhida, coronel Luis Henrique Valério.

Estabelecida para aliviar as estruturas públicas do estado de Roraima e da Região Norte, especialmente nas áreas de saúde, assistência social e educação, a iniciativa leva voluntariamente os venezuelanos que desejam permanecer no país para outras partes do Brasil. O intuito é de possibilitar um recomeço e ampliar as possibilidades de integração socioeconômicas dessas pessoas. Com as diferentes modalidades oferecidas, é possível a reunificação com familiares e amigos, aceitar uma vaga de emprego em outra cidade ou a moradia em abrigos.

A OIM atua em todas as etapas da interiorização com a Operação Acolhida, auxiliando na verificação da documentação dos beneficiários, na checagem de documentação, nas consultas médicas prévias às viagens, assim como na busca ativa de vagas de emprego nos locais de destino e no translado terrestre quando necessário para complementar o trecho aéreo.

Além desse apoio, a Organização fornece 600 passagens aéreas todos os meses para complementar a capacidade da Operação Acolhida. A cada mês, voos da Força Aérea Brasileira transportam centenas de beneficiários, e com os bilhetes em voos comerciais é possível ampliar o alcance das ações, além de atender casos específicos como os que possuem destino para municípios mais isolados, casos de proteção ou de pessoas que buscam tratamento médico, que podem necessitar de atenção especial.

Para essas viagens, a OIM fornece também um auxílio para custear a alimentação e outras necessidades pontuais que possam surgir ao longo do traslado. Para as famílias com crianças, é dado o Passaporte para Educação, um kit com cartilhas educacionais bilingues com informações culturais sobre o Brasil e informativos do processo de matrícula no ensino público brasileiro.

Dentre os diferentes perfis de beneficiários, os que viajam em grupos familiares são a grande maioria, 87% dos casos. Esse foi o caso de Diannys, que viajou com a família, três crianças e cinco adultos, para o município de Assis Chautebriand, no Paraná. Para ela, ao receber a ligação da OIM confirmando a viajem, o sentimento é de gratidão e de esperança de conquistar novas oportunidades.



"Foi muito difícil deixar o meu país, mas eu estou muito grata de termos a possibilidade de vir para o Brasil. Acima de tudo, estamos procurando uma vida melhor para as crianças. A OIM nos ajudou muito e estamos completamente agradecidos por eles”, comenta.

Em 2020, mesmo com o advento da pandemia de COVID-19 a interiorização também não parou. O trabalho foi ajustado ao novo contexto e as equipes se mantiveram mobilizadas para que os beneficiários não fossem prejudicados, tomando todas as medidas de prevenção e de controle necessárias.

“Em 2020, tivemos o grande desafio de manter as operações em meio a uma pandemia sem precedentes. Nos adaptamos, reforçamos os protocolos de segurança e continuamos a apoiar a Operação Acolhida. É uma grande satisfação saber que ajudamos a realização do sonho dessas 10 mil pessoas”, ressalta o Coordenador de interiorização da OIM, Eugênio Guimarães

As atividades da OIM na Estratégia de Interiorização são realizadas com o apoio financeiro do Escritório de População, Refugiados e Migração (PRM) do Departamento de Estado dos Estados Unidos.